Yoga

  • Quem foi Krishnamacharya?
  • Diferentes Linhas diferentes Mestres

Quem foi Krishnamacharya?

“Saibam bem onde estão e vejam claramente para onde querem ir. Traçem uma linha entre os dois pontos e sigam-na sem demora” T.Krishnamacharya

T Krishnamacharya nascido em 1888 e falecido em 1989 no seu 101º ano foi um Yogin célebre pelas suas surpreendentes posturas de yoga e seu dom de terapeuta.

Profundo conhecedor dos textos sagrados indianos, falava as numerosas línguas indianas entre elas o sânscrito e dominava assuntos como a antiga medicina tradicional da Índia, o âyurveda e o respectivo sistema de diagnóstico pelo pulso. Seria díficil citar todos os domínios onde o T.Krishnamacharya se distingiu.

Após mais de sete anos de recolhimento junto do seu guru, T. Krishnamacharya, concilia a sua vida em família, com a sua experiência de asceta e o seu conhecimento do Yoga, para tratar os males físicos e psíquicos daqueles que o procuravam. Nos jornais indianos de então, era conhecido como o “senhor milagres”.

A sua receita para um bom viver baseava-se em manter o corpo saudável pelo yoga, ser frugal com a alimentação e comedido com as palavras, procurando a clareza e a paz mental, sempre com uma atitude optimista e aceitando que tudo está em constante mudança.

Krishnamacharya, contestatário das regras vigentes contribuiu para que o yoga fosse praticado também pelas mulheres. Igualmente acolheu numerosos estrangeiros, aos quais passou os seus ensinamentos, sem os impôr e incitando-os a procurar o equivalente nas suas culturas. Numerosos ocidentais, conhecidos no mundo do yoga de hoje, foram seus alunos.

Todos os grande homens deixam uma mensagem e Krishnamacharya deixou claro aos seus alunos que o Yoga é indispensavel para uma vida sem sofrimento e é esta disciplina que deve ser ajustada para se adaptar à condição daquele que a procura.

 Entre os seus alunos estão alguns dos mestres actuais mais influentes: B.K.S. Iyengar, K. Pattabhi Jois, Indra Devi, Srivatsa Ramaswami, a sua mulher Mrs. Namagririammal e os seus filhos T.K. Srinivasan, T.K.V. Desikachar, T.K. Sribhashyam, Srimathi Pundarikavalli, Srimathi T. Alamelu Sheshadri e Srimathi Shubha Mohan Kumar.

 

Diferentes Linhas diferentes Mestres

Existem diferentes estilos de yoga de acordo com a linha que seguem. Cada sistema, escola, e professor enfatiza acções diferentes nas sucessivas posturas durante a prática. Por exemplo, alguns tipos de yoga focam o auto controlo e a disciplina, quando outros focam a respiração, outros o relaxamento, outros a meditação e outros a combinação dos vários elementos. Algumas práticas são direccionadas para o alinhamento postural, o ritmo é lento a moderado, outras práticas requerem vigor e mantêm um ritmo continuo, outras são estruturadas, de modo que cada postura tem a sua postura compensatória, o movimento é lento e coordenado com a respiração e outras incentivam a progressão lenta e e exploratória, respeitando o ponto de partida do praticante.

 Existem muitas linhas de yoga,  entre várias das mais praticadas no ocidente, deixamos uma pequena luz sobre as seguintes  (que são as que nos identificamos mais no nosso espaço):

 

  Vinyoga

Foi desenvolvida por T. Krishnamacharya (1888 – 1989) e pelo seu filho T.k.V. Desikachar. Viniyoga é um termo sânscrito que significa diferenciação e adaptação. Como estilo de yoga, refere-se a uma abordagem centrada na individualidade do aluno. Toda a prática é desenvolvida tendo como referência os interesses, necessidades e  potencialidades  de cada indivíduo. Como resultado é transmitido ao aluno ferramentas para que este possa desenvolver o seu processo de tranformação pessoal.

 

   Ashtanga Yoga

Este sistema foi desenvolvido por Sri K. Pattabhi Jois (1915-2009). Tem por base a sincronização entre a respiração, uma progressiva série de posturas e o focus do olhar em pontos específicos. Esta combinação produz um intenso calor interno que actua como desentoxicador e purificador de músculos, orgãos e mente. Como resultado obtemos um corpo forte e uma mente mais calma.

 

  Iyengar Yoga

Esta linha foi desenvolvida por B.K.S. Iyengar e foca três aspectos: correcto alinhamento corporal evitando lesões e dores durante a prática; todos os corpos são diferentes e por isso cada aluno tem necessidades e potencialidades diferentes;  o uso de “props” que permitem colocar o corpo na postura mais correcta – objectos como cadeiras, cobertores, blocos de madeira, almofadas, cintos, pequenos bancos,etc – desta forma o aluno pode trabalhar de forma segura e eficaz.

 

Todos estes aspectos dos vários estilos das diferentes linhas de yoga têm mérito e em cada estilo de prática pode-se ganhar algo, melhorar fisicamente, emocionalmente, ou no sentido espiritual. Assim na sua prática pessoal deve considerar que qualidades da mente, do corpo e do coração, gostaria de cultivar para então escolher a linha (ou estilo) que será compatível com essa intenção.